Blog

Terça, 29 Janeiro 2019 17:32

PAIS: PREVINAM SEUS FILHOS DE DOENÇAS

 Imunizar significa proteger, cuidar e prevenir: todas as crianças necessitam de vacinas para estarem protegidas contra muitas doenças. Quando se leva o filho para ser vacinado, os pais estão protegendo seus filhos de doenças graves, que colocam a vida da criança em risco.Por isso, é tão importante conhecer e seguir as indicações de cada vacina.Para a pediatra, Dra Nádia Souza, a vacinação é uma das medidas mais importantes de prevenção contra doenças. É muito melhor e mais fácil, prevenir uma doença do que tratá-la. E é isso que as vacinas fazem, elas protegem a criança contra vírus e bactérias que provocam vários tipos de doenças graves, que podem afetar seriamente a saúde da criança.Segundo a psicóloga, Maira Van Dervis, para que as crianças não tenham medo de tomar a vacina é necessário levar em consideração o comportamento dos pais, e de como eles abordam o assunto com a criança. É importante que os pais conversem sobre a importância das vacinas, para que elas servem, o que elas previnem, sem desqualificar o medo da criança, ou seja, procurar entender que esse medo é real.Assim, depois que os pais explicam tudo para a criança e para o adolescente, eles se comportam de maneira mais positiva a ter menos medo da vacina, ressalta a psicóloga.Algumas doenças que podem ser prevenidas por vacinas são:Difteria (ou crupe) – é uma doença respiratória que atinge amídalas,…
Compartilhe nas redes sociais:
Gripes, resfriados, pneumonias, crises de asma e de bronquite são doenças que se manifestam com mais frequência durante o inverno. Entre as complicações apresentadas pela infecção gripal, a pneumonia é uma das mais graves e atinge a população em geral, porém a gripe é mais agressiva na faixa etária infantil e nos idosos, bem como em pessoas com imunidade baixa. Por isso, são necessários alguns cuidados especiais com a saúde, como por exemplo a prevenção por meio da vacinação antipneumocócica e a vacinação antigripal anual.Segundo o pneumologista Rodrigo Cabral, da Clínica Pneumho, a exposição ao frio agrava várias doenças respiratórias em razão do efeito danoso do frio sobre o epitélio da via aérea, tecido que reveste a mucosa das fossas nasais. Outro fator que contribui para o aparecimento de doença no inverno é o hábito de permanecer em ambientes fechados. Isso eleva o índice de infecções virais, explica Rodrigo.Além da administração das referidas vacinas, as medidas preventivas ocupam uma parcela importante nessa situação como o abandono de hábitos prejudiciais, como o tabagismo ou o alcoolismo. A adoção de práticas saudáveis como uma alimentação equilibrada.Cuidados que devem ser tomados:- Lavar bem as mãos, principalmente após espirrar ou tossir- Manter uma alimentação balanceada e rica em alimentos naturais- Ter uma boa noite de sono é essencial para manter a saúde em dia- Praticar atividade física- Recomenda-se a ingestão de muito líquido
Compartilhe nas redes sociais:
A Caxumba, uma doença de infância que antes se ouvia falar de vez em quando, voltou a aparecer. Só neste ano foram registrados surtos da doença em Brasília, Belo Horizonte, São Paulo e em outras capitais. De acordo com a Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Divep) da Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal, as instituições escolares concentram a maior parte dos surtos.Para o Ministério da Saúde, a Vacina Tríplice Viral, que protege contra Caxumba, Rubéola e Sarampo, é a melhor forma de prevenir a doença. Inclusive quem já teve Caxumba uma vez, está imune, porém se caso a pessoa não se lembrar se foi vacinada ou não tenha certeza de que recebeu as duas doses da vacina, não há perigo ou contraindicação para que a imunização seja feita, mesmo que novamente.A patologia também conhecida como papeira ou parotidite, segundo a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), é uma doença viral aguda causada por um vírus transmitido por via respiratória, saliva de pessoas infectadas. Sua principal característica é o aumento das glândulas salivares localizadas nas laterais do pescoço, logo abaixo da mandíbula, causando febre, náuseas, dores no corpo e dificuldade para engolir, mas em geral é benigna. Já em casos graves, pode provocar complicações como surdez, pancreatite, meningite e inflamações de testículo e de ovário – associadas à infertilidade. Como as crianças costumam ser as mais atingidas pela doença, é recomendado manter…
Compartilhe nas redes sociais:

DADOS CONTATO

  Av. Monsenhor Aloísio Pinto, 300, Loja 104/ 105 (Sobral Shopping), Dom Expedito - Sobral/ CE - CEP: 62050-255
  (88) 9 9999-0480
  (88) 3614-3099
  (88) 9 9999-0479
  contato@vivatvacinas.com.br

HORÁRIO DE ATENDIMENTO
  Segunda à Sábado de 10:00hs às 22:00hs
  Domingo 14:30hs às 20:30hs

Newsletter

Assine nossa newsletter e receba os melhores conteúdos da Vivat Vacinas. Fique tranquilo não gostamos de spam.

SIGA PELO FACEBOOK

SIGA PELO INSTAGRAM